10 de maio de 2018
publicado às 19h04
CRISTALINA] Daniel do Sindicato melhora imagem política ao dialogar mais com a população
Acompanhado por vereadores e auxiliares, prefeito de Cristalina, Daniel do Sindicato visita obras e mantém diálogo permanente com a população. Este novo estilo de governar fora do gabinete, melhorou sua imagem junto à opinião pública

Acompanhado por vereadores e auxiliares, prefeito de Cristalina, Daniel do Sindicato visita obras e mantém diálogo permanente com a população. Este novo estilo de governar fora do gabinete, melhorou sua imagem junto à opinião pública

Por Wilson Silvestre – Prefeitos sempre foram os primeiros a sofrerem na pele os malefícios que ocorrem na política e na economia. É nas comunidades, sejam elas grandes ou pequenas que o país real começa, por isso no prenúncio de crise, quem primeiro recebe a fatura é o prefeito. A cobrança vem por meio dos cidadãos reivindicando melhores serviços públicos, principalmente em saúde, educação, segurança, limpeza urbana, asfalto e por ai segue. É justamente estes serviços que mais custam ao município. Mesmo que a arrecadação caia, estas demandas são crescentes e motivo de barulho dos cidadãos.

Os 5.570 munícipios brasileiros padecem do mesmo drama: como cumprir promessas de campanha e manter equilíbrio fiscal sem recursos? Cristalina não é uma ilha de exceção dos problemas que afligem a população e, consequentemente, seus gestores. Por mais esforços empreendidos, quer na captação de recursos externos como emendas parlamentares, convênio via governos estadual e federal, o cobertor não é suficiente para cobrir os pés e a cabeça ao mesmo tempo. Mas, o prefeito Daniel [do Sindicato] Sabino Vaz (PSB) não se deixou levar pela onda de pessimismo. Pouco a pouco ele resgata compromissos assumidos durante a campanha, mais precisamente na área de segurança pública, infraestrutura, saúde e educação.

Reorganizou a gestão sintonizando a equipe com o cronograma de obras prioritárias, estabeleceu uma agenda positiva conversando pessoalmente com os cidadãos, supervisionando diretamente frentes de serviços e cobrando de seus auxiliares respostas rápidas às demandas urgentes na sede do município e nos distritos.

Um dos grandes focos de críticas era a falta de segurança, atribuição do estado que o prefeito Daniel do Sindicato pessoalmente se empenhou para resolver. Pode-se afirmar com certeza que, hoje, Cristalina está mais segura e os cidadãos respiram a sensação de proteção. Está longe do ideal, mas como disse Daniel na quinta-feira (10), em Goiânia: “A prefeitura está fazendo além de seu dever constitucional, abrindo mão de receita para manter parceria com o estado na ampliação de efetivos da Polícia Militar e Polícia Civil no município. Penso que nossa comunidade percebe a diferença de ontem e hoje, não só em segurança, mas na saúde, educação e agora em infraestrutura”.

Daniel cita como avanços de sua gestão, uma demanda antiga do bairro Cristal: autorização para os moradores ligarem água e energia. Até então, eram clandestinos. Ele também anunciou investimentos não só para o bairro mas para demais setores de Cristalina ainda este ano. “Estou sensibilizado com a situação de vocês e mobilizei secretarias, o gabinete, a procuradoria jurídica do município para conseguir os benefícios básicos de água e energia ao Bairro Cristal. Nossa equipe está coesa e unida à população para solucionar problemas que há mais de dez anos assombram o município”.

Outra importante ação foi iniciada no sábado (5) com audiência pública discutir a regularização e titularidade fundiária dos assentamentos, desafio que se arrasta há anos. Na reunião, Daniel do Sindicato frisou aos mais de 400 agricultores

Compareceram presidentes de nove associações rurais e mais de 400 produtores, tendo em vista que o assunto é de interesse de todos. Presente ao evento o chefe de gabinete da Superintendência regional do Distrito Federal e Entorno, Jader Soares da Luz, anunciou que a partir de junho já começam os trabalhos com uma ação social para detectar irregularidades e apontar aqueles que estão aptos e são merecedores dos respectivos títulos.

O prefeito Daniel do Sindicato em seu pronunciamento destacou aos mais de 400 agricultores presentes, que sua gestão trabalha em prol dos agricultores familiares e se colocou à disposição para contribuir naquilo que for necessário para que os títulos sejam entregues definitivamente.  “Estamos juntos nesta luta dos produtores, responsáveis por uma grande contribuição na economia e desenvolvimento de Cristalina. Todos têm direito a ter o seu título de propriedade e isso é um ato de justiça”.

Livre dos maiores gargalos jurídicos e administrativos que travavam a gestão, Daniel do Sindicato inaugura uma nova fase política, dialogando diretamente com a população, explicando cada detalhe e os entraves que impedem, em muitos casos, o cidadão receber benefícios da prefeitura. Este estilo transparente e sincero melhorou a imagem do prefeito junto aos cristalinenses.

Escreva um comentário