10 de agosto de 2018
publicado às 14h03
Ronaldo Caiado não é adversário de Zé Eliton, mas sim a maioria da população que deseja mudanças
A voz de Ronaldo Caiado teve eco: resgatou o cidadão descrente, sem esperança, distanciado da vida política para acreditar que é possível fazer melhor. (Reprodução: Facebook)

A voz de Ronaldo Caiado teve eco: resgatou o cidadão descrente, sem esperança, distanciado da vida política para acreditar que é possível fazer melhor. (Reprodução: Facebook)

Por Wilson Silvestre – Os cidadãos brasileiros que detém um mínimo de consciência política, sinalizam que em 7 de outubro será dado o primeiro passo de uma nova era. Goiás também está conectado com este desejo de mudanças, principalmente na troca de inquilino do Palácio das Esmeraldas. Afinal, são 20 anos que o PSDB controla praticamente todos os setores da vida Republicana no estado, notadamente, o político.

Hoje, os principais adversários do PSDB – com raras exceções -, no passado não tão distante, foram parceiros na construção de um estado moderno, desenvolvimentista e inovador. No entanto, à proporção que os tucanos ganhavam forças foram alijando os aliados de primeira hora, tratando-os como serviçais de um poder imperial. Com a longevidade de um grupo restrito nos destinos do estado, a sociedade foi percebendo que o poder era para poucos e que havia mais discursos do que ação.

Foi assim que a oposição a este sistema de privilégios beirando o ditatorial, começou a ouvir a voz solitária do então deputado federal, Ronaldo Caiado (Democratas). No início, era tido como um murmúrio distante, mas com o passar dos dias, começou a ser ouvido em todas as regiões do estado. Mesmo sem estrutura e máquina partidária, contanto apenas com a vibração dos corações e mentes do povo, Caiado foi eleito senador.

De sua posse no Senado e a construção de um projeto para Goiás, deixou de ser um sonho, mas uma exigência da maioria dos goianos. Por isso todas as pesquisas apontam nesta direção e dificilmente, por mais poder que o ex-governador Marconi Perillo detenha em Goiás, ele não consegue demover a maioria que deseja mudanças, recuar deste propósito.

Ronaldo Caiado não é adversário do governador e pré-candidato a permanecer no posto, Zé Eliton ou de Marconi Perillo. Nem Daniel Vilela do MDB, Alexandre Baldy (Progressista), Jorge Kajuru (PRP), senador Wilder Moraes (Democrata), Flávia Morais (PDT), Democracia Cristã, Podemos, PMN, PMB, PPL, PRTB, PSC, PSL, PTC e PROS também não são seus adversários. Eles são partidos que fazem oposição ao status quo que Zé Eliton representa. Adversário mesmo é a grande maioria da população que vê em Ronaldo Caiado o agente desta mudança nos destinos de Goiás.

Escreva um comentário