3 de dezembro de 2018
publicado às 14h04
MDB afirma que “não fará oposição nem será base” do governo Bolsonaro

S4

Por Mateus Fagundes(Portal Terra) – O MDB, partido do presidente Michel Temer, vai manter uma “independência ativa” no governo de Jair Bolsonaro e no curto prazo, não fará nem oposição nem será base. “Discutiremos caso a caso”, diz mensagem publicada na conta oficial do partido no Twitter.

“A partir de 1º de janeiro, o MDB manterá uma independência ativa. Apoiando medidas que buscam o crescimento do país, gestão eficiente e responsabilidade fiscal”, diz uma das mensagens.

O partido defende que parlamentares conversem com o governo eleito. “Nós, enquanto partido, já deixamos nossa contribuição em forma de propostas para que os avanços que conquistamos na economia se mantenham!”, afirma outra mensagem.

O MDB garantiu um ministério no governo Bolsonaro. O deputado federal reeleito Osmar Terra (RS) vai comandar a pasta de Cidadania, fruto da fusão entre o Desenvolvimento Social, Cultura, Esporte e de partes do Trabalho. Estadão Conteúdo

https://www.terra.com.br/noticias/brasil/politica/no-curto-prazo-nao-faremos-oposicao-ao-novo-governo-nem-seremos-base-diz-mdb,aab18739058c316feb3739b1e8ca30c415kcxlq6.html

Escreva um comentário