PSDB de Brasília é um saco de gatos

0

O veterano deputado distrital, Raimundo Ribeiro – por enquanto PSDB – é um poço de mágoas com os tucanos brasilienses. A encrenca que, tudo indica, deve provocar a saída dele do partido e, junto, muitas lideranças fiéis ao distrital.

Nem a vitória do então candidato a presidente, Aécio Neves (PSDB) sobre Marina Silva e Dilma Rousseffe em Brasília, conseguiu unir os tucanos na definição de quem deve comandar a legenda na capital do país. Depois de várias intervenções no diretório local e, por último a batida do martelo a favor do deputado federal Izalci Lucas, o caldo entornou de vez.

Izalci, com apoio da Executiva nacional do PSDB, teve o caminho pavimentado e todas as chaves para abrir uma nova perspectiva do partido em Brasília, cidade estratégica para os tucanos ficou livre. A sigla oposicionista ao governo federal, embora tenha só um deputado no Congresso é a maior em número de filiados. Algo em torno de 15 mil militantes inscritos ajuda a manter o barulho oposicionista, seguido pelo Psol com 11 mil. Ironicamente este capital político não dá liga para o entendimento. Resultado: Raimundo Ribeiro afivela as malas migrando para a Rede de Marina Silva ou outra legenda. O problema são os cargos no Governo de Brasília. Dependendo do partido, perde espaço na gestão de Rollemberg. Concreto mesmo é a crise no ninho tucano que está longe de acabar. Izalci terá que suar a camisa para se livrar desse saco de gatos.

De acordo com o Blog Fred Lima, na reunião dos tucanos quinta-feira (1), a permanência ou não do deputado distrital Raimundo Ribeiro no partido pautou boa parte do encontro. O distrital não estava presente. “Se depender de mim, ele fica”, teria dito o presidente local da sigla e deputado federal, Izalci Lucas. Outros chegaram a defender a expulsão de Raimundo, sob a alegação de que ele não aceitou a decisão da executiva nacional da legenda, que escolheu Izalci como presidente. Alguns não defendiam a expulsão de Ribeiro, mas sugeriam que ele saísse por livre e espontânea vontade.

O distrital vem sendo sondado por partidos como a Rede Sustentabilidade e o Partido Trabalhista Nacional (PTN). Sua permanência no PSDB-DF é uma incógnita. Na avaliação do deputado distrital Rodrigo Delmasso (PTN), que fez o convite a Raimundo para se filiar em seu partido, “o PSDB nacional agiu de forma muito injusta com Ribeiro, que estava fazendo um belo trabalho nas bases do partido, algo que não se tinha feito até então”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN