Senador Hélio José dá adeus ao PSD de Rogério Rosso

0

Estava escrito nas estrelas que o senador Hélio José – por enquanto no PSD-DF –, mais cedo do que se imaginava, iria deixar o partido comandado pelo deputado federal Rogério Rosso. As tratativas para que ele assuma o comando do PP de Brasília, estão seladas. A legenda comandada pelo ex-deputado distrital Benedito Domingos será a porta de entrada para o senador disputar uma das vagas de senador em 2018.

Senador Hélio José afivela a mala para desembarcar no PP de Brasília mirando a vaga de senador em 2018 (Foto Agência Senado)
Senador Hélio José afivela a mala para desembarcar no PP de Brasília mirando a vaga de senador em 2018 (Foto Agência Senado)

Desde a vitória do governador Rodrigo Rollemberg (PSB) que o senador e Rosso vem se estranhando. “O senador Hélio sempre quis atropelar a liderança de Rosso exigindo cargos no governo. Até o BRB ele lutou para indicar um apadrinhado seu. Com isso, a relação entre ele e Rosso foi se deteriorando”, conta uma fonte ao blog.

Para um político que nas eleições de 2014 conseguiu a proeza de ter apenas seis votos como deputado distrital, de repente virar senador é o melhor dos mundos. A sorte sorriu de tal forma que acabou sendo picado pelo tapete azul do Senado e agora, sonha – e trabalha – em ser reconduzido novamente senador em 2018. O problema é que precisa de votos para isso. E mais: terá que atropelar gente como Rogério Rosso e o deputado distrital, Chico Leite que migrou do PT para a Rede, de Marina Silva. Ambos não escondem de ninguém que querem disputar as duas vagas de Brasília.

Estes dois nomes é só uma amostra grátis do desafio que Hélio José terá para conquistar o direito de pisar novamente no tapete azul do Senado. Isso se o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) não disputar a reeleição. Ai realmente fica complicado para ele. Observadores da cena política de Brasília sugerem que o senador biônico deveria ser mais modesto e concorrer à Câmara Legislativa, mas a mosca azul inoculou o vírus da vaidade nele e dificilmente recuaria do propósito de derrotar Rosso na disputa. Quem viver verá o final desta história.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN