Pré-candidatura de Luiz Bittencourt “pegou” como fato novo e já incomoda muita gente

0
Lançada como pré-candidato a prefeito de Goiânia há um mês pelo presidente do PTB em Goiás, deputado federal Jovair Arantes, o nome de Luiz Bittencourt “pegou” como fato novo na disputa pela prefeitura da Capital goiana
Lançada como pré-candidato a prefeito de Goiânia há um mês pelo presidente do PTB em Goiás, deputado federal Jovair Arantes, o nome de Luiz Bittencourt “pegou” como fato novo na disputa pela prefeitura da Capital goiana

Para os mortais comuns, a disputa eleitoral de 2016 está muito longe, mas para os pretendentes à vaga de prefeito a corrida já começou e, aos poucos, toma velocidade. Alguns com chances, outros não, mas participando do jogo na esperança de negociar apoio na reta final. Mesmo com a crise econômica batendo à porta de todos os brasileiros, este é o cenário Brasil a fora. Em política é assim: se o atual mandatário está no fundo do poço – caso de Garcia -, ele resgata todos os pretendentes ao posto.

Dentre os nomes que se apresentaram para a empreitada, um tem mostrado que não pertence à vala comum: Luiz Bittencourt (PTB). Este ex-peemedebista cumpriu voluntariamente um jejum político de quase oito anos. Parte deste recolhimento sabático se deveu ao estilo predador de Iris Rezende. Bittencourt estava crescendo dentro do partido e Iris viu esta ascensão como uma ameaça ao seu poder. Sem mais ou menos, atacou os colégios eleitorais de Bittencourt inviabilizando sua reeleição a deputado federal. Agora, volta com força para disputar a cadeira do Palácio Campinas.

Bittencourt herdou do pai, professor Luiz Bittencourt o gosto pela política com a vantagem de ser um dos maiores conhecedores da cidade. Este é um dos trunfos que faz com que ele venha ultrapassando concorrentes que há muito tem trombeteado como pré-candidato.

Luiz se apresenta como um aliado da juventude e da geração mais grisalha. Ele acredita que aliar a experiência com a força dos jovens que buscam por mudanças nas práticas políticas, pode contribuir nos avanços na gestão pública. Ele não esconde de ninguém o sonho de retomar Goiânia no caminho do desenvolvimento econômico, social e turístico, principalmente turismo de eventos.

Esta sua convicção tem encontrado vozes multiplicadoras como atestam os jornais, colunas políticas e blogs de notícias sobre sua candidatura. Alguns exemplos: coluna Giro de O Popular, uma das mais importantes do jornalismo goiano, publicou notas sobre as articulações do candidato, inclusive neste domingo (1/11). O seu nome também está na boca de presidentes de partidos, como Rafael Lousa, que dirige o PSDB metropolitano.

Nos próximos dias, o candidato petebista tem uma conversa agendada com o governador Marconi Perillo (PSDB), o que incomoda e projeta ainda mais a postulação de Bittencourt. Sabe-se que o tucano tem proximidade com o ex-deputado, que, mesmo no PMDB, deu apoio à sua candidatura em 2010 e chegou a ser falado para ocupar um cargo de importância no governo. Isso aproximou os dois.

Pelo sim, pelo menos, o lançamento de Bittencourt, como anota neste domingo a coluna Giro, em O Popular, provocou mudanças e uma forte movimentação no cenário político e eleitoral para 2016, na capital.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN