Hollande quer prolongar o estado de emergência por 3 meses na França

0
Presidente francês François Hollande
Presidente francês François Hollande

Por Correio Braziliense/ France Presse – Paris, França – O presidente francês François Hollande informou ante o parlamento que deseja que o estado de emergência, decretado depois dos atentados de Paris, seja mantido por três meses.”Ele nos disse que quer que o estado de emergência dure três meses no mínimo”, declarou uma fonte parlamentar.

Prolongar o estado de emergência além de 12 dias só pode ser autorizado mediante lei votada pelo parlamento, que fixe uma duração definitiva.

O número provisório de vítimas dos atentados de Paris chega a 129 mortos e 352 feridos, sendo que 99 em estado grave, anunciou o Procurador-Geral François Molins. Em coletiva de imprensa, ele afirmou que sete terroristas morreram “no curso de suas ações criminosas”, sendo que um, que agiu na sala de shows Le Bataclan, foi formalmente identificado. Além disso, um dos veículos utilizados nos ataque tinha matrícula da Bélgica e alugado por um francês.

Leia mais notícias em Mundo 

Os ataques, começaram quase simultaneamente a partir das 21h20 (18h20 de Brasília) de sexta-feira (13/11), e foram registrados em vários locais, principalmente no leste de Paris. Foram reivindicados pelo grupo jihadista Estado Islâmico, em um comunicado na internet, afirmando que a França continuará a ser um de seus principais alvos. “Oito irmãos usando cintos explosivos e armados com fuzis atacaram locais cuidadosamente escolhidos, no coração de Paris”, afirma o comunicado, publicado em duas versões, em árabe e em francês. “Que a França e aqueles que seguem seu caminho saibam que permanecerão entre os alvos do Estado Islâmico”, acrescentou a organização extremista sunita.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN