Exemplo a ser seguido: prefeito usa dinheiro do Réveillon para reformar escolas

0

Por G1 Tocantins – Os moradores de Guaraí, cidade da região central do Tocantins, não vão ter festa de Réveillon este ano. Segundo a prefeitura da cidade, o dinheiro que seria usado no evento vai ser aplicado na reforma de duas escolas municipais. O anúncio foi feito nesta terça-feira (17). As obras das unidades vão custar R$ 80 mil. Ao G1, o prefeito Francisco Júlio explicou que se a gestão fosse promover a festa da virada de ano, o gasto seria de R$ 90 mil com shows, palco, som e iluminação.

Os R$ 80 mil que seriam gastos no Réveillon serão aplicados na reforma de duas escolas. Uma delas e a Escola Leôncio Miranda. (Ascom de Guaraí)
Os R$ 80 mil que seriam gastos no Réveillon serão aplicados na reforma de duas escolas. Uma delas e a Escola Leôncio Miranda. (Ascom de Guaraí)

O gestor disse ainda que a decisão foi tomada por causa do atual momento econômico brasileiro que tem influenciado os pequenos municípios por causa da diminuição nos repasses federais e estaduais. O setor da educação foi um dos mais afetados, segundo ele. Ele afirmou ainda que as duas escolas estavam na lista do Ministério da Educação para receber recursos financeiros para reformas, mas que com os cortes no orçamento federal, não foram contempladas.

As Escolas Municipais Leôncio de Sousa Miranda e Luís de Camões foram reformadas pela última vez em 2005. A intenção é que as obras sejam executadas em janeiro de 2016 e que no início do ano letivo as unidades estejam em condições de receber os alunos e professores. “A previsão era a construção de três unidades, mas por causa dos cortes as obras não foram possíveis. Então, decidimos reformar as que já existem.”

Estão previstos serviços de pintura, manutenção elétrica e hidráulica, reparos nos telhados e banheiro e substituição de estruturas desgastadas. A Escola Luís de Camões também receberá obras para melhorar a acessibilidade de pessoas com necessidades especiais, informou a assessoria de comunicação da prefeitura.

O município tem nove unidades de ensino municipais, sendo seis na cidade e três na zona rural. Em 2015 elas estão atendendo 2.109 alunos do ensino fundamental e da educação infantil, com idades entre 1 ano e meio a 10 anos. A quantidade é superior à demanda do ano passado, quando foram atendidos 1.812 estudantes.

A assessoria de comunicação disse também que este ano será realizada decoração natalina nas praças da cidades e que serão reutilizados enfeites e outros materiais usados em 2014, além de adereços feitos com materiais recicláveis. A inauguração da decoração está prevista para dezembro.

No ano passado, o prefeito disse que o município gastou R$ 60 mil com o Réveillon. “As pessoas querem festejar, mas elas apoiaram muito mais a decisão que tomamos em reformar as escolas”, completou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN