Marconi destina R$ 212 milhões para serviços de manutenção de rodovias e conclusão dos Cases

0
Governador de Goiás, Marconi Perillo: “Em nenhum momento da história de Goiás, em um ano atípico de crise, o governo destina um valor de R$ 212 milhões. Nós investiremos rigorosamente cerca de R$ 20 milhões por mês na manutenção e conservação de rodovias” (Montagem sobre foto de Lailson Damásio e Banco de Imagens Agetop)
Governador de Goiás, Marconi Perillo: “Em nenhum momento da história de Goiás, em um ano atípico de crise, o governo destina um valor de R$ 212 milhões. Nós investiremos rigorosamente cerca de R$ 20 milhões por mês na manutenção e conservação de rodovias” (Lailson Damásio e Banco de Imagens Agetop)

Antes de sua viagem para a Austrália e Nova Zelândia, o governador Marconi Perillo, assinou ordens de serviço no valor de R$ 212 milhões para a segunda fase do Rodovida Manutenção. Ele também autorizou a conclusão da construção dos dez Centros de Atendimento Socioeducativo (Cases), obras executadas pela Agetop.

O programa Rodovida  Manutenção – Fase II visa atender homogeneamente a totalidade das rodovias goianas pavimentadas e não pavimentadas e aeródromos pavimentados. As obras já iniciaram na GO-010, no segmento entre Goiânia e Bonfinópolis, que está com trechos deteriorados.

O Rodovida  Manutenção vai executar serviços de conservação durante todo este ano em todas as rodovias goianas, num total de 21 mil quilômetros, em 27 aeródromos e em 10 balsas. Serão recuperados 12.716,60 quilômetros de rodovias pavimentadas e outros 8.883,20 quilômetros de estradas não pavimentadas.

Para o início do programa, o governador Marconi Perillo conduziu amplo estudo e planejamento para conseguir um valor de recursos expressivo para a conservação da malha viária do Estado. Serão 11 meses com uma quantia de 20 milhões por mês, investidos na manutenção e conservação das estradas. E a cada 30 dias, a Agetop prestará contas para a Secretaria da Fazenda, Casa Civil e Detran.

Antes do Rodovida ser lançado, em 2011, as estradas goianas estavam em péssimas condições. Nos últimos quatro anos, de forma planejada, foram reconstruídos 5.500 mil quilômetros de estradas deterioradas e construídas outros 2.500 quilômetros. Com os novos recursos autorizados pelo governo de Goiás, a Agetop vai focar na conservação da malha construída e estender também os cuidados para a malha não pavimentada.

MANUTENÇÃO – Pelo programa Rodovida Manutenção serão recuperados 12.716,60 quilômetros de rodovias pavimentadas e outros 8.883,20 quilômetros de estradas não pavimentadas, além de 27 aeródromos e dez balsas.

Do total de recursos liberados, R$ 27 milhões serão destinados à construção ou ampliação das unidades de recuperação de menores em situação de conflito, e que precisam cumprir medida socioeducativa de internação, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente.

A estrutura dos Centros de Atendimento Socioeducativo (Cases), contará com 16 alojamentos, pátio interno, centro de convivência, solário, biblioteca, almoxarifado, salas, refeitório e ambulatório. Ainda terá alojamento para professores e agentes de segurança, com salas destinadas para atividades diversas e recepção.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN