Andrés crê que Arena Corinthians será incluída em Lava Jato: ‘Dá ibope ser amigo do Lula’

0

dfDa GAZETA PRESS/ESPN.COM.BR – Um dos nomes por trás da construção da Arena Corinthians, o ex-superintendente alvinegro e atual deputado federal Andrés Sanchéz (PT-SP) diz ter certeza de que o estádio será incluído na Operação Lava Jato, que investiga um esquema bilionário de desvio e lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras, empreiteiras e autoridades. … Ele credita isso à proximidade entre o clube e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Andrés assegura que a nova casa alvinegra foi “o estádio mais barato do Brasil” e desafia as autoridades a convocá-lo para depor.

“Estão querendo incluir de qualquer jeito, por causa de minha amizade com o Lula. E eu quero que ponham. Quero que o estádio vá para Lava Jato. Investiguem. Me chamem e vou falar tudo. Dá um Google em 2009, 2010, e veja quanto falavam que custava para botar os dutos da Petrobras no Estádio do Corinthians para ter a Copa do Mundo. 60 milhões de reais, 80 milhões. Sabe quanto foi? Apenas R$ 8,8 milhões. Tem contrato”, afirmou, em entrevista à revista ‘Isto É’.

“Minha conta está aberta, sigilo telefônico. Vivemos num País de hipócritas. Estou muito triste. Eu não estou inocentando Lula, não. Mas o estádio foi o mais barato do Brasil”, prosseguiu.

A Arena Corinthians tem custo estimado em mais de R$ 1 bilhão de reais.

O Corinthians enfrenta dificuldades, desde a sua inauguração em 2014, para mantê-la e ainda não conseguiu negociar a venda de seus naming rights, promessa feita por Andrés ainda em fevereiro de 2012.

“Vai olhar o Maracanã, o estádio de Brasília… Por que o Corinthians? Porque dá Ibope ser amigo do Lula. Custou R$ 4.780 reais o metro quadrado, com mármore e tudo. Total de R$ 985 milhões. Mas querem escândalo e o Andrés vai ter de depor. Falavam que o estádio era de graça e agora o clube não consegue terminar pagar”, concluiu.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN