ÁGUAS LINDAS/Aleandra de Sousa, a Michele Obama do prefeito Hildo do Candango

0
Secretária de Ação Social e Cidadania de Águas Lindas, Aleandra Sousa: uma primeira dama estilo Michele Obama que não se limita apenas a funções protocolares. Ela é o cartão de visitas da gestão Hildo e está sempre à disposição de quem precisa do poder público (Montagem sobre fotos da Ascom)
Secretária de Ação Social e Cidadania de Águas Lindas, Aleandra Sousa: uma primeira dama estilo Michele Obama que não se limita apenas a funções protocolares. Ela é o cartão de visitas da gestão Hildo e está sempre à disposição de quem precisa do poder público (Montagem sobre fotos da Ascom)

Por Wilson Silvestre – O papel de primeira dama, mesmo não ocupando formalmente uma função, tanto no município, estado ou na Presidência da República, tem conquistado relevância política e, na maioria dos casos, pontos positivos para quem está à frente da gestão pública.

Na nossa história, Darcy Vargas (1895-1968), mulher do presidente Getúlio Vargas (1882-1954) tornou-se exemplo para todas as primeiras damas do país. Ele foi uma das pioneiras, se não a precursora do trabalho de assistência às pessoas carentes.

Em Goiás, temos três bons exemplos: Dona Gercina Borges, mulher do fundador de Goiânia, Pedro Ludovico Teixeira que ficou conhecida no estado e até no país como ‘A Mãe dos Pobres’. A hoje senadora Lúcia Vânia também desenvolveu um trabalho voltado para as pessoas carentes, principalmente as mulheres. A atual primeira dama de Goiás, Valéria Perillo entra para a história pela porta da frente. Seu trabalho voltado às classes C, D e E, principalmente para jovens, onde o programa Bolsa Universitária é o destaque com quase 100 estudantes atendidos até hoje.

Estas três mulheres são as melhores referências de primeiras damas que não se limitaram ao papel protocolar ou meramente assistencialista. Construíram — no caso de Dona Gercina — e continuam oferecendo oportunidades para que, jovens, adultos e idosos tenham cidadania dignas.

Exemplos de mulheres casadas com homens públicos que não se limitam a sorrir para câmaras de TVs e sim, contribuir na elaboração de políticas públicas voltadas para a proteção social, bússola de Aleandra Sousa, primeira dama de Águas Lindas. Ela também se encaixa no figurino das mulheres que não se limitam ao papel de figurante protocolar. Dona de uma personalidade inquieta, forte, extrovertida, franca nas respostas e, aliada à capacidade de comunicar com os mais humildes, faz dela uma mulher singular.

Nas reuniões informais ou em solenidades públicas que Aleandra e o prefeito Hildo do Candango comparecem, muitas vezes ela ‘rouba’ a cena, assim como a primeira dama americana, Michele Obama. Por mais poder que o presidente dos EUA tenha, Michele acaba sendo a mais festejada por jornalistas e, principalmente o povo.

Guardada as devidas proporções, sem exagero: Aleandra mesmo contida pela liturgia de sua função, não deixa nenhuma pessoa que a procura sem resposta ou atenção. Isto faz parte de seu DNA, sua personalidade e seu estilo. Embora tenha seu jeito simples em lidar com as pessoas, Aleandra é “dura na queda de braço” quando se trata em defender a gestão Hildo. Toda crítica que ela considera injusta sobre o trabalho do prefeito, ela explica detalhadamente porque aquela demanda não foi atendida. Aleandra tem paciência para escutar e argumentar que, na gestão pública, as coisas demoram. Não pela vontade do prefeito, mas pela escassez de recursos e o novelo burocrático que impedem muitos sonhos saírem do papel.

“Não sou apegada ao cargo, mas sim determinada a ajudar as pessoas a resolverem seus problemas e demandas. Claro que muitas vezes esta expectativa é frustrada, não por conta da prefeitura, mas pelas dificuldades, tanto legais, burocráticas e até mesmo falta de recursos. Sou honrada pela função de secretária de Ação Social e Cidadania, atribuição que me foi delegada pelo prefeito, portanto, estou primeira dama já que esta função é transitória. Mesmo que no futuro não exerça mais o cargo, vou continuar atuando em favor de políticas públicas voltadas para as pessoas que realmente necessitam da intervenção do poder público”, resume ela ao blog.

Aleandra tornou-se a imagem humanizada, sensível e comprometida com o desenvolvimento social e econômico da gestão Hildo em Águas Lindas. Sob o olhar político, uma peça chave no tabuleiro estratégico montado pelo prefeito. Tem bom trânsito entre os aliados da base, respeito dos adversários e aprovação junto aos segmentos sociais.

“Acredito que o trabalho de minha equipe e eu à frente da secretaria de Ação Social e Cidadania, abrange um universo mais amplo do que simplesmente o ‘assistencialismo’. Não se limita em atender demandas imediatas, mas formular políticas públicas perene que vão perdurar muito além de nossa gestão”.

Aleadra tem dito aos aliados que é um ‘soldado’, como os parceiros do prefeito Hildo. “Todos empenhados em promover transformações econômicas e sociais em Águas Lindas”. E frisa: “Conquistamos muito e vamos continuar realizando muito mais”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN