FORMOSA\Itamar Barreto vai para a reeleição mostrando que teve mais acertos do que erros

0
Prefeito de Formosa, Itamar Barreto: “Gostaria que meus opositores fossem mais honestos em suas críticas, apontando os avanços positivos de nossa gestão. A Formosa que eles veem não é a mesma que o povo vê. Na deles, nada funciona ou presta”
Prefeito de Formosa, Itamar Barreto: “Gostaria que meus opositores fossem mais honestos em suas críticas, apontando os avanços positivos de nossa gestão. A Formosa que eles veem não é a mesma que o povo vê. Na deles, nada funciona ou presta”

Por Wilson Silvestre – Em disputa política ninguém é ‘carta fora do baralho’, principalmente se tiver a máquina pública na mão, pertencer a uma sigla forte, ter uma ampla base de vereadores apoiando e pertencer a uma legenda forte no Congresso. Soma a estas três vantagens, a construção de uma nominata de candidatos a vereadores com reconhecida liderança em seus respectivos segmentos. Estes ingredientes são meio caminho andado para a vitória.

Estas vantagens o prefeito de Formosa, porta de entrada da região nordeste de Goiás, Itamar Barretos (PSD) tem a seu favor para disputar a reeleição. Até bem pouco tempo, ninguém sabia ao certo se Itamar iria enfrentar novamente uma disputa eleitoral. Este silêncio fez com que seus adversários batessem bumbo anunciando sua ‘morte política’. Diziam que ele poderia lançar um nome de sua base desistindo de vez da reeleição.

O tempo provou que o silêncio de Itamar era uma estratégia. Ele estava ganhando musculatura política para recompor sua base na Câmara de Vereadores. O primeiro passo foi mexer no quadro de auxiliares, deslocando o seu fiel escudeiro, advogado Luiz Antônio Domingues Guimarães da Secretaria de Assuntos Jurídicos para a Secretaria de Governo e Articulação. O passo seguinte, fazer um balanço de sua gestão. O resultado desta mexida na gestão administrativa e política, na avaliação de Itamar foi que os acertos apareceram. “Tivemos que tomar decisões difíceis para equilibrar as contas da prefeitura. Sem equilíbrio financeiro, não se faz convênio nem para comprar água. Todo mundo sabe que a prefeitura está na penúria. Não só aqui, mas no país todo. Disso aproveitou nossos adversários para ‘desconstruir’ nossa gestão”, desabafa Itamar.

De fato, Itamar optou nos dois primeiros anos de sua gestão por  organizar a máquina pública, adotando a estratégia de atender mais o  município e não as demandas individuais dos cidadãos. Traduzindo: limpar a cidade, tapar buracos, trocar lâmpadas, melhorar a saúde, educação e investir em infraestrutura. “Se o prefeito não tivesse feito isso, nem sei como estaria o município pelo tanto de problemas encontrados. É bom frisar que não tínhamos crédito para celebrar nenhum convênio, sem contar as dívidas com fornecedores. Tudo travado!”, conta o atual secretário de Governo, Luiz Antônio. O secretário de Governo relata com orgulho, o resgate mais importante do programa de governo de Itamara: o Hospital Infantil de Formosa (HIF). “Sem exageros. Hoje somos a melhor unidade de saúde do estado nessa especialidade. Temos dois médicos pediatras atendendo em regime de plantão, 24 horas”, garante Luiz Antônio.

Outra determinação de Itamar foi a de atender nas unidades de saúde as pessoas que moram em fazendas, principalmente assentados. Para isso, sempre tem ambulância se deslocando para buscar pacientes na zona rural. “Formosa tem 26 assentamentos que dependem da proteção do município, sem contar os moradores da área urbana. São quase 100 mil pessoas, fora os que vêm do Nordeste Goiano e até do Distrito Federal. Está registrado: o hospital tem, em média, mil atendimentos diários”, registra Itamar.

Sobre as críticas de sua gestão feita pelos adversários, Itamar rebate com seu jeito simples dizendo que, “são injustas e desleais ao afirmar que só erramos”. O prefeito mostra na ponta do lápis o quanto caminhou para resolver pendências burocráticas que travavam a gestão. “Este é o projeto mais difícil que um prefeito executa. Ninguém vê, mas é tão importante quanto construir casas, asfalto, pontes, praças. Sem resolver trâmites legais, nenhuma administração consegue realizar estas importantes demandas da sociedade”. E faz um desafio: “Por que eles não mostram o quanto realizamos?”.

Itamar reconhece que existe muito por fazer, “mas se olharmos para trás, o caminho agora está bem melhor do que o início do governo”. Ele admite a existência de muitas demandas da população, mas ressalta que existe a Lei de Responsabilidade Fiscal que não permite ao gestor público, gastos além do que arrecada. Com a crise, todos os repasses de recursos constitucionais, tanto federal quanto estadual, caíram drasticamente. “Compreendo a impaciência do povo com a crise em que o país atravessa, principalmente com a classe política que, ao passar do tempo, prometeram muita coisa e não entregaram quase nada”. Itamar disse que fica angustiado por não conseguir mais recursos para atender a população como ela merece. “Sei que ainda tem muitos bairros que precisam de infraestrutura, como asfalto, drenagem e iluminação, mas vamos conseguir levar estes benefícios a nossa população”. Cita mais uma vez o setor de saúde: “Não temos como fazer tudo isso sem recursos e num curto espaço de tempo”, justifica.

Secretário de Governo, Luiz Antônio: “Tem sido difícil, mas temos conseguido avançar no equilíbrio financeiro e na recuperação do crédito do município junto aos órgãos federal, estadual e fornecedores”.
Secretário de Governo, Luiz Antônio: “Tem sido difícil, mas temos conseguido avançar no equilíbrio financeiro e na recuperação do crédito do município junto aos órgãos federal, estadual e fornecedores”.

Para Itamar, as críticas fazem parte do processo democrático, mas sua gestão tem alcançado, dentro do possível, avanços na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. “Gostaria que meus críticos fossem mais honestos em suas avaliações, apontando também os acertos. Na percepção deles, Formosa é o pior lugar do mundo para se viver ou investir. A cidade deles não é a cidade da imensa maioria da população que tem orgulho de viver aqui. Reconheço que falta muito a ser feito, mas estamos resgatando, aos poucos, os compromissos feitos com a população, agregando novos investimentos essenciais para o desenvolvimento econômico e social de Formosa”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN