Manifestantes começam a ocupar a Esplanada dos Ministérios. Acompanhe!

0

rua18

Com o apoio de carros de som e diversos balões brancos para simbolizar a paz, ao poucos, manifestantes vão tomando conta da Esplanada dos Ministérios, na manhã deste domingo (13). Vestidos com camisetas com a cor do Brasil, os militantes garantem estar animados para lutar pelo fim da corrupção.  De acordo com a Polícia Militar, mais de 2 mil policiais estão no local para garantir a segurança de todos.

Segundo organizadores do movimento, a manifestação foi organizada para ocorrer de forma simultânea em diversos estados do país. Em Brasília, a concentração do evento começou por volta das 8 horas, no Museu da República. De lá, os militantes deverão seguir em direção ao gramado do Congresso Nacional.

A Esplanada dos Ministérios está interditada desde as 0h deste domingo, nos dois sentidos. Também haverá esquema reforçado de policiamento e alterações no trânsito no centro de Brasília com o objetivo de garantir a ordem pública e a segurança de todos.

Segurança

rua19

Na área da Esplanada dos Ministérios, a Polícia Militar faz revistas pessoais com detectores de metais nos pontos de acesso e em trechos do trajeto. As pessoas não deverão portar objetos de vidro cortantes, fogos de artifício, hastes para bandeiras e máscaras. O objetivo das revistas e restrições é garantir a segurança de todos. Caso identifiquem pessoas contrariando estas orientações, os manifestantes devem procurar o policial militar mais próximo para avisar.

Também estão na lista de recomendações: não estacionar em local proibido; identificar crianças com crachás ou pulseiras; evitar exposição de aparelhos celulares e outros objetos de valor; e não ingerir bebidas alcoólicas.

Saúde

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel do Distrito Federal (SAMU-DF), estão no local para a prevenção de possíveis ocorrências no decorrer do evento. Para isso, duas ambulâncias e seis motociclistas estão disponíveis para os manifestantes, além de contar com um caminhão – Unidade de Suporte a Múltiplas Vítimas (USMV), que estará nas proximidades e só será acionado em casos de distúrbios entre os manifestantes.

A corporação também conta com equipes em suas bases de prontidão. O acionamento do serviço deve ser feito pela Central de Atendimento, número 192.

Trânsito

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social informou que o trânsito ficará fechado para veículos após a alça oeste da Rodoviária, onde retornam ônibus e carros em geral, até o Balão do Presidente – acesso à via L4 Sul, próximo ao Quartel do Corpo de Bombeiros. O mesmo vale para o sentido inverso. Também serão interditados os eixões Norte e Sul (Eixão do Lazer), como ocorre em todos os domingos e feriados.

Como rotas alternativas, os motoristas deverão circular pelas vias N2 e S2 que ficam atrás dos prédios dos Ministérios.  Para estacionar, as opções são as vagas dos setores de Diversão Norte e Sul – entre o Conic e o Conjunto Nacional, anexos dos Ministérios, Setores Bancários Norte e Sul, de Autarquia Norte e Sul.

Vem pra Rua  

O grupo “Vem pra Rua” idealizador das manifestações em todo o Brasil, diz que o objetivo é resgatar a esperança sequestrada pela corrupção, exigir mais eficiência e transparência no gasto público e defender a redução da carga tributária e da democracia. “Acreditamos na força do povo brasileiro, na sua capacidade inventiva, na sua generosidade e no seu trabalho – e num Estado que garanta minimamente segurança, educação básica, saneamento básico e saúde pública para todos. Queremos menos impostos e mais Brasil”, desabafou o movimento em sua página oficial.

Ao lado de outros movimentos democráticos, o grupo conseguiu reunir, em cerca de 400 cidades de todo o Brasil, mais de 3 milhões de pessoas em manifestações nacionais nos dias 15 de março, 12 de abril, 16 de agosto e 13 de dezembro de 2015.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN