Oi entra com pedido de recuperação judicial

0

oiDo G1, em São Paulo – A Oi anunciou nesta segunda-feira (20), em fato relevante, que entrou com pedido de recuperação judicial na Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro.

“Considerando os desafios decorrentes da situação econômico-financeira das empresas Oi à luz do cronograma de  vencimento  de  suas  dívidas  financeiras , ameaças ao  caixa  das  Empresas  Oi  representadas  por  iminentes  penhoras ou  bloqueios em processos judiciais, e tendo em vista a urgência na adoção de medidas de  proteção das Empresas Oi, a Companhia julgou que a apresentação do pedido de recuperação judicial seria a medida mais  adequada,  neste  momento”, informou a Oi, em comunicado.

Segundo a operadora, o pedido de recuperação judicial garante a preservação da continuidade  da oferta de serviços de qualidade a seus clientes, dentro das regras e compromissos assumidos com a Anatel.

A Oi informa que “o total dos créditos com pessoas não controladas pela Oi listados nos documentos protocolados com o pedido de recuperação judicial soma, nesta data, aproximadamente R$ 65,4 bilhões”.

As ações da Oi fecharam nesta segunda em queda de 5,97% nas ordinárias e 10% nas preferenciais, em meio a notícia de que o endividado grupo de telecomunicações assinou acordo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para suspender obrigações financeiras por 180 dias, segundo noticiou a Reuters.

Dívida e prejuízos
Endividada, Oi fechou 2015 com prejuízo de R$ 5,3 bilhões. No primeiro trimestre de 2016, a Oi registrou prejuízo de R$ 1,64 bilhão.

No último dia 10, o então presidente da Oi, Bayard De Paoli Gontijo, renunciou ao cargo em meio à crise.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN