VALPARAÍSO] Ângela Pessoa embaralha disputa para prefeito e vira a cereja do bolo

0

 

Vereadora e pré-candidata a prefeita de Valparaíso, Ângela Pessoa (PSC): carisma e humildade podem abrir mentes e corações dos eleitores, deixando os adversários de cabelo em pé
Vereadora e pré-candidata a prefeita de Valparaíso, Ângela Pessoa (PSC): carisma e humildade podem abrir mentes e corações dos eleitores, deixando os adversários de cabelo em pé

Por Wilson Silvestre – A entrada em cena da vereadora Ângela Pessoa (PSC) na disputa pela prefeitura de Valparaíso, embaralhou as cartas do jogo político que, a partir de agora, pode alterar posições na preferência do eleitor. Dos nove pré-candidatos a prefeito no município, Ângela está entre os quatro mais bem avaliados pelo eleitor. Ela herdou do pai, ex-prefeito José Valdécio, “o gosto pela política e o contato com o povo”, como sempre ressalta Valdécio aos amigos.

Em entrevista recente ao http://blogdoamarildo.com.br/ ela deu pistas como atua no tabuleiro político de Valparaíso:  “No primeiro ano de meu mandato como vereadora, no qual fui líder do governo, pautei meu trabalho em atender às necessidades do povo. Sou coerente ao meu projeto político na melhor forma possível, sem atacar grupos, procurando desempenhar minhas funções dignamente”.

Este perfil torna Ângela cobiçada como vice e ao mesmo tempo, vista como adversária a ser monitorada de perto. Tanto é que já tem gente graúda especulando num provável cenário tendo ela ou Plácido Cunha (PMDB) juntos. Quem estiver melhor torna-se vice um do outro. Numa provável configuração com os dois até o radical PT pode entrar na história. O partido corre risco de ser varrido de Valparaíso ou, na melhor das hipóteses, ser reduzido ao passado remoto quando a militância ‘cabia dentro de uma Kombi’.

Por enquanto, Ângela faz mistério, mas nos bastidores, seu pai e aliados trabalham freneticamente para, quando chegar época das convenções partidárias, seu nome esteja no topo da pirâmide de preferências, tanto do eleitor quanto de partidos interessados em fazer parte de seu projeto. Enquanto isso, PMDB, PP, DEM, PSDB, PSD, PR, PRTB entre outros, tentam sair do bolo e tornar-se cereja. Para o jornalista e dublê de marqueteiro, Elifas Barros, “Angela faz política com a alma e não orientada pelo pai, amigos e marketing como alguns adversários alardeiam. A trajetória dela como vereadora, nasceu na rua, conversando com as pessoas, pondo o pé na poeira e ajudando nas demandas da população. Se me pedirem uma sugestão, diria que ela não precisa apenas intensificar sua participação nas redes sociais. Esta é uma ferramenta para mostrar mais seu trabalho, fazer o contraponto aos adversários e expor melhor suas ideias”.

Os machistas e preconceituosos acham que Ângela terá muita dificuldade em convencer parte do eleitorado que, tendo sido uma das auxiliares próximas à prefeita Lucimar Nascimento (PT), pode reverter o desgaste da gestão da qual fez parte. Mesmo com todo o inferno astral em que passa, Lêda Borges (PSDB) ainda é considerada uma das melhores gestoras de Valparaíso, mas está com dificuldades para alavancar seu pupilo, vereador Pábio Mossoró à condição de favorito.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN