Attié sobe no palanque de Maks e desabafa: “Hoje o cristalinense tem orgulho de sua cidade”

0
Prefeito Luiz Attié sobe no palanque de Maks e Edu com empresários fortes, tanto no agronegócio como no comércio: “Maks e o Edu têm capacidade para serem prefeito e vice desta cidade. São competentes e sabem ir em busca de recursos para Cristalina”
Prefeito Luiz Attié sobe no palanque de Maks e Edu com empresários fortes, tanto no agronegócio como no comércio: “Maks e o Edu têm capacidade para serem prefeito e vice desta cidade. São competentes e sabem ir em busca de recursos para Cristalina”

Por Wilson Silvestre – Desde a tarde de quinta-feira (8), havia uma expectativa no comitê da Coligação ‘Cristalina Sustentável’, liderada pelo candidato a prefeito Maks Louzada (PSD) e Edu Martini (PTB), de que o prefeito Luiz Attié (PSD) subiria no palanque montado no bairro Lustosa, região sudeste de Cristalina. Junto com o prefeito, o empresário do ramo de alimentos, Cabo Mendes,  liderança histórica e respeitada em Cristalina. Mendes é um aliado importante no contexto político e estava fora do grupo do prefeito há tempos. Sua importância pode ser avaliada pelo esforço do vice-prefeito João Fachinello (PSDB) em levá-lo para a coligação de Daniel (agora, ex-Sindicato). “Esta gestão do Attié trouxe para Cristalina, não só melhoria de vida para a população, mas também uma nova maneira de administrar a prefeitura, cuidando de todos e não só de alguns”, disse Mendes. Para ele, Maks e Edu vão dar continuidade a esse desenvolvimento.

Com um público estimado em 1.500 pessoas, teve inicio às 20h15 o rodizio de fala dos candidatos a vereadores. Quase todos ressaltaram a “grande contribuição da gestão Attié ao município de Cristalina”. Encerrada a sessão de recados dos candidatos, foi anunciada a fala de Attié que se encontrava no palco, provocando um delírio no público presente que emocionou o prefeito. Detalhe: a coligação de Maks e Edu não tem os mais de mil cabos eleitorais como a do principal adversário, portanto, a manifestação de aplausos ao prefeito Luiz Attié, foram de pessoas do bairro.

O prefeito iniciou seu discurso agradecendo às famílias presentes, principalmente moradores antigos, citando-os pelo nome demonstrando que realmente conhece sua comunidade. Ressaltou a importante contribuição do empresário Cabo Mendes ao desenvolvimento econômico da região, e o trabalho social que ele e sua família faz em prol das pessoas carentes. “Quero externar minha satisfação por estar aqui mais uma vez numa praça pública, renovando nosso compromisso com a família cristalinese. Quando em 2007 era um caminhante solitário, você e sua família Mendes, me acolheram em sua casa, contribuindo com nossa trajetória vitoriosa na conquista da prefeitura”, lembrou Attié.
[10/9 19:06] Wilson Silvestre: Ao compartilhar sua vitoriosa trajetória política com pessoas que o ajudaram na conquista da prefeitura, Attié não faz só o caminho de volta, mas reafirma sua paixão por Cristalina, sua gente e as conquistas econômicas e sociais nos 7,5 anos de sua gestão. “Agradeço a Deus por ter me ajudado bastante e vocês são os representantes d’Ele dentro do meu coração”. Com voz embargada pela emoção, o prefeito fez um breve balanço das conquistas de sua gestão, dizendo da satisfação em ser eleito duas vezes seguidas com mais 50% dos votos da cidade. “Passei a maior parte de minha vida como prefeito, na estrada, buscando recursos pois se não for atrás, ninguém nos ajuda. Esta talvez seja a minha falta com vocês”. Sem citar nomes ou tecer críticas diretas, a frase soa como uma reposta aos críticos de que ele não para na cidade. “Nós éramos uma cidade satélite gravitando em volta de Luziânia, Brasília, Catalão e Goiânia. Não tínhamos infraestrutura alguma, sequer éramos reconhecidos como município importante. Hoje, somos uma cidade industrializada, segundo município em geração de empregos, economia ativa mesmo em meio a uma crise econômica sem igual na história do país. Fruto do trabalho de todos, desde o agronegócio ao comércio, por isso temos no olhar o brilho orgulhoso do resgate de nossa autoestima, mas nada disso teria sido alcançado por todos, se não tivesse havido ações de políticas públicas de nossa gestão”, afirma.

Para Attié, Cristalina hoje contribui com uma grande parcela da economia. “Quando assumi nem prédio para prefeitura existia. Construímos a prefeitura em sete meses, reformamos o hospital, prédio do INSS, Fórum para uma população de 200 mil habitantes, prédio do Ministério Público, Instituto Goiano e outras grandes obras, fruto de ações políticas e investimentos”.

Attié não se esqueceu de mencionar uma das obras que mais orgulha o cristalinense, mas que é rejeitada pelos opositores: Hospital Chaud Salles. De fato, poucas cidades até 100 mil habitantes tem um hospital como o de Cristalina. Os governos federal e estadual reconhecem isso, menos a oposição. Os críticos de Attié querem o poder pelo poder e ignoram que estados e municípios são obrigados a aplicar 12% a 15% em saúde. Cristalina investe até 18%. “A questão da saúde no Brasil não será resolvida com mudanças de prefeito, mas sim com a continuidade de ações como as que temos feito nesses 7,5 anos de nessa gestão. Vamos avançar mais com Maks e Edu”.

“MAKS ESTÁ PREPARADO” – Attié justificou porque só agora entrou na campanha para eleger Maks prefeito e Edu vice. “Só comecei hoje (quinta-feira, 8) nos palanques porque sentia que Maks e Edu tem capacidade para serem os futuros gestores de Cristalina e minha presença poderia confundir as pessoas, além disso, meus adversários políticos adorariam tentar desconstruir a trajetória vitoriosa de Maks. Eu sentia que o Maks tem capacidade juntamente com Edu para ser o futuro prefeito do município, Ele tem todos os instrumentos necessários para ser o prefeito desta cidade. Maks foi avaliado numa pesquisa espontânea entre os secretários da prefeitura, o melhor gestor em Saúde, sem demérito aos demais gestores público do município, ele está preparado para ser prefeito”. Para Attié, Maks fez uma revolução na saúde de Cristalina. “A partir de agora vamos caminhar juntos rumo à vitória!”.

Maks encerrou o comício se comprometendo a dar continuidade aos projetos que estão parados no Ministério das Cidades, principalmente o que beneficia o Bairro Lustosa com rede de esgota e infraestrutura. Este investimento será de R$ 18 milhões e está pronto aguardando o país retomar sua recuperação econômica. Tem outro projeto para o bairro na prefeitura dependendo de recursos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN