LUIZ ATTIÉ] “Com a faculdade de medicina em Cristalina deixamos de ser exportadores de alunos”

0
Último legado do prefeito Luiz Attié: conquista uma universidade para Cristalina com várias graduações, entre elas, medicina
Último legado do prefeito Luiz Attié: conquista uma universidade para Cristalina com várias graduações, entre elas, medicina

Por Wilson Silvestre – O segundo grande passo para a tão sonhada universidade de Cristalina foi dado. Na quarta-feira (12), o prefeito Luiz Attié recebeu o documento do Magnífico Reitor da Universidade Alfredo Nasser (Unifan), de Aparecida de Goiânia, professor Alcides Ribeiro a confirmação oficial de autorização do Ministério da Educação e Cultura (MEC), para a instalação da universidade em Cristalina.

Trata-se de uma luta dos cristalinenses encampada por Attié desde 2012, quando deu o primeiro passo procurando o MEC reivindicando uma universidade para o município. Quando ainda era ministro, Aloízio Mercadante inseriu na lista três cidades goianas como possíveis beneficiárias de uma universidade que, dentre as graduações oferecidas, teria o curso de biomedicina e medicina. No início, universidades como o Uniceub de Brasília, Atenas de Paracatu, Minas Gerais e Unifan mostraram-se interessadas, mas ao passar dos meses o Uniceub e Atenas desistiram.

As várias exigências do MEC, das quais a construção do Campus em dois anos afastaram as duas, ficando só a Unifan que se manifestou favorável e comprometeu construir o seu Campus. A Unifan vai oferecer aos futuros alunos diversos cursos, dentre eles o de medicina. Em 2017 está previsto nove cursos e em 2018, Agronomia, Farmácia, Direito, Enfermagem, Fisioterapia e Biomedicina. O cronograma prevê que em  2020 entre em funcionamento o curso de Medicina.

O projeto de Lei de autoria do executivo foi protocolado na Câmara de Vereadores na segunda-feira (17). Entra na pauta para discussões dos vereadores na sessão desta quinta-feira (20). “A área escolhida para instalar o Campus da Unifan estava perdida entre dois loteamentos. Demorou três anos para fazer o registro imobiliário, mas agora graças a Deus está tudo pronto”, comemora Attié.

O presidente da Câmara de Vereadores, Rosivaldo Pelota (PSB), reconhece a importância do projeto para o município e a região, mas ressalva que os vereadores precisam se inteirar melhor do teor da mensagem do prefeito. “Este é o sonho de todos os cristalinenses, mas temos que aprovar uma lei seguindo os ritos legais do regimento interno da Câmara, sem atropelos ou a toque de caixa”. Pelota lamenta que muita gente ainda não ‘desceu’ do palanque e continua se atacando mutuamente nas redes sociais. “Não existe mais o partido A ou B. Agora o partido chama-se Cristalina e todos temos a obrigação como cidadãos, lutar para que o desenvolvimento de nossa cidade não pare. Terminou a disputa eleitoral e a próxima só a daqui a quatro anos, portanto, a hora é de somar forças e no que depender de mim, não hesitarei em contribuir para termos o melhor para Cristalina”.

ECONOMIA FORTE – A vinda de uma universidade com o porte da Unifan para Cristalina vai aquecer a economia da cidade ainda mais. Basta ver o exemplo de Uberaba que em 30 anos, transformou o perfil da cidade que, há três décadas, só era lembrada como a ‘terra do zebu’. A partir da expansão da Universidade de Uberaba (Uniube), ocorreu uma grande transformação econômica e social. Aqueceu o comércio, setor imobiliário e serviços aumentando a geração de empregos. A comunidade acadêmica deu uma nova face à cidade, sendo referência no país.

Prefeito eleito, Daniel Sabino: será o condutor do processo de implantação e consolidação da universidade
Prefeito eleito, Daniel Sabino: será o condutor do processo de implantação e consolidação da universidade

Os vereadores devem levar em conta que o mérito da consolidação definitiva da Unifan em Cristalina, será capitalizado pelo prefeito eleito, Daniel Sabino. Claro que sob o ponto de vista histórico, o prefeito Luiz Attié será lembrado como um gestor que pensou as gerações futuras. Este mérito, mesmo sendo oposição, o grupo de Daniel não pode negar ou omitir. Afinal, daqui a 10 anos Cristalina será outra cidade e o sonho de avançar mais e mais em conquistas sociais e econômicas vão continuar, mas com uma cidade mais cosmopolita e menos provinciana. A comunidade acadêmica vai contribuir muito para mudar este perfil.

Luiz Attié, Daniel Sabino e Rosivaldo Pelota serão lembrados no futuro, não como homens antagônicos ou com visões diferentes da política, mas como cidadãos que pensaram além do horizonte de poder. Divergiam, mas não perdiam o foco no bem comum dos cristalinenses. “Quando iniciei minha luta para trazer o IF Goiano para Cristalina, pensei não só numa comunidade acadêmica formando novos profissionais. Vislumbrei o ganho cultural, econômico e social. Estamos pertos de deixar de sermos exportadores para importamos alunos para nossa cidade”.

Cristalina está na confluência de duas importantes rodovias federal, BR-040 que vai até o Rio de Janeiro e a BR-080, Belo Horizonte. Esta localização geográfica, além de estratégica interligando várias regiões do país, pode transformar a cidade numa importante Zona Portuária de Exportação (ZPEs). Attié não esconde seu otimismo com o futuro de Cristalina: “Somos a porta de entrada para as regiões norte, oeste e no sentido contrário para o sul e sudeste. Temos uma população crescente e uma economia aquecida, por isso estou convicto de que a Unifan será o grande passo para avançarmos mais na consolidação econômica e social de Cristalina”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN