Cristóvão Tormin entre os 10 líderes políticos influentes de Goiás

0
Prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin: humilde, mas influente nas discussões políticas que envolve os interesses dos cidadãos irão lidar com eleitores mais exigentes, mais conectados e principalmente mais desconfiados sobre as reais intenções de quem postula um cargo público.
Prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin: humilde, mas influente nas discussões políticas que envolve os interesses dos cidadãos 

Por Wilson Silvestre – Em meio a descrença geral com os políticos provocado pela sucessão de escândalos, denúncias de corrupção e má aplicação dos recursos públicos, ser apontado em pesquisa como uma liderança influente, não só no município, mas em todo o estado é motivo de orgulho para o político, seus eleitores e a população de modo geral. Este é o caso do prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin (PSD) que foi incluído na pesquisa realizada pela Contato Comunicação, entre os 10 líderes políticos influentes. Cristóvão foi o único citado entre os prefeitos do Entorno de Brasília, desbancado até o bem avaliado prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango (PSDB).

A lista é encabeçada pelo ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, Iris Rezende (Goiânia), Gustavo Mendaha (Aparecida de Goiânia), Adib Elias (Catalão) e o ex-prefeito de Jataí, Humberto Machado, todos do PMDB. José [Zé] Antônio (Itumbiara), PTB, Cristóvão Tormin e Divino Lemes, ambos do PSD. Teve outros nomes citados, mas tiveram pouca pontuação.

Para o advogado e prefeito reeleito, Cristóvão Tormin, ser citado numa pesquisa que teve 171 profissionais, entre jornalistas, entidades ligadas à comunicação, publicitários, gente de marketing, médicos, advogados, professores, colunistas sociais, gestores público, conselheiros de entidades classistas como a OAB, CREA, CRF entre outras, “nos motiva a trabalhar com humildade e entusiasmo no resgate da atividade política como indutora do bem coletivo”. Cristóvão disse que sempre exerceu a atividade política com responsabilidade, compartilhando ideias e ouvindo a sociedade. “Sempre trabalhei e trabalho para que Luziânia e sua gente seja reconhecida no Estado e no país como um município progressista, visto por todos como um ator importante na construção de um país justo e melhor”. Ele lembra que a onda moralizadora dos costumes e práticas políticas que atravessa o país, vai separar o joio do trigo eliminando da vida pública, aqueles que se serve do poder ao invés de servir a população. “Os eleitores tornaram-se mais exigentes, conectados com a política e desconfiados dos mercadores das falsas promessas que usam o cargo público como trampolim financeiro”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN