CRISTALINA] Cidade sitiada pela insegurança e nada a comemorar nos 100 dias de gestão municipal confusa

0
Prefeito de Cristalina, Daniel Sabino (PSB) e seu secretário de Segurança Pública, Silvano da Rádio (PSDB): gestão confusa e Guarda Municipal truculenta divide moradores
Prefeito de Cristalina, Daniel Sabino (PSB) e seu secretário de Segurança Pública, Silvano da Rádio (PSDB): gestão confusa e Guarda Municipal truculenta divide moradores

Por Wilson Silvestre – Há dois anos, a BBC Brasil publicou uma pesquisa realizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em 36 países. Os brasileiros foram os únicos que se declararam “menos seguros ao caminhar sozinhos à noite na cidade em que vivem”. Este sentimento do inconsciente coletivo veio à tona nos últimos 30 dias em Cristalina, conforme manifestações nas diversas redes sociais da cidade.

O número crescente de furtos, arrastões e assaltos à mão armada, tanto em residências quanto em estabelecimentos comerciais, criou uma onda de insegurança entre os moradores. Para piorar, a gestão municipal até o término desta matéria, não havia comunicado à população, quais medidas estão sendo tomadas, tanto administrativas quanto políticas para tranquilizar os moradores e o comércio de um modo geral.

Ao lotear a gestão entre amigos, o prefeito Daniel [do Sindicato] Sabino (PSB) distribuiu secretarias a potenciais aliados de ontem, quando faziam oposição cerrada à gestão do antecessor, Luiz Attié (PSD). Estes ‘aliados’ e suas siglas, incluindo PSDB e PDT, dois dos mais influentes na gestão, pouco tem feito ou quase nada para melhorar a segurança na cidade.

Para piorar, a Câmara de Vereadores e Suas Excelências limitam-se a elogiar a gestão por ter trocado lâmpadas na rua tal, tapado buraco na rua X, pintado o muro da escola Y e agradecidos “pela grande gestão que o prefeito Daniel está fazendo”. Para os indignados nas redes sociais, principalmente a base que mais necessita dos serviços públicos do município, isto não é verdade. Até a classe média que até então mantinha uma certa discrição sobre os negócios da prefeitura, tem se manifestado com críticas.

Ao fazer arranjos políticos para acomodar aliados que não conseguiu votos suficientes para se eleger vereador, Daniel comete erros de avaliação típicos de políticos amadores. O exemplo mais plausível foi nomear o vereador Silvano da [Rádio] Silva Leite (PSDB), secretário de Segurança Pública. Um bom radialista focado em notícias policiais e serviços comunitários, expertise que o elegeu como o segundo mais votado do município. Mas, numa área tão complexa como segurança, no mínimo deveria ter alguém que saiba olhar a segurança dentro de conceitos modernos, científico e com um mínimo de conhecimento sociológico. Não basta ser advogado ou repórter policial. Os parâmetros hoje, são de polícia cidadã, integrada à comunidade. Basta observar o conceitos que a Polícia Militar goza junto à população.

Se este conhecimento tivesse sido passado à Guarda Municipal de Cristalina, o episódio ocorrido domingo (9), à noite, envolvendo policiais do município e um motorista inabilitado, talvez não tivesse ganho as redes sociais com mais de 30 mil visualizações. O vídeo gravado por uma testemunha, mostra a truculência da Guarda Municipal para mobilizar o motorista inabilitado, tendo uma senhora grávida, tia do rapaz agredido, sendo empurrada e ela implorando aos gritos para não matar o rapaz enforcado. Este é o resumo de uma política de segurança para Cristalina. Mais uma vez o grupo que está na prefeitura vai dizer que “só alguns gatos pingados da gestão anterior é que estão reclamando”. Pelos mais de 30 mil acessos ao vídeo, pode-se afirmar com segurança: os 100 dias da confusa gestão Daniel do Sindicato não tem a comemorar. Só a lamentar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN