Cristalina quer eleger um deputado estadual para ser chamado de “nosso deputado”

0
Vice-prefeito Luiz Henrique (E), é o nome do grupo do prefeito de Cristalina, Daniel do Sindicato a disputar vaga de deputado estadual por Goiás em 2018
Vice-prefeito Luiz Henrique (E), é o nome do grupo do prefeito de Cristalina, Daniel do Sindicato a disputar vaga de deputado estadual por Goiás em 2018

Por Wilson Silvestre – “Não há democracia sem política e sem político”. Goste ou não de seu estilo franco, mas é inegável que esta frase dita pelo ministro da Suprema Corte, Gilmar Mendes numa entrevista ao jornalista Kennedy Trindade em 26/6, sintetiza a importância dos políticos e da política como propulsores de conquistas econômicas e sociais de um país, estados e municípios.

Este princípio basilar na vida das pessoas em nações democráticas, determina o grau de evolução econômica, intelectual e a qualidade de vida do país. E o mais importante: elabora leis civilizatórias. Todas conquistas que a humanidade consegue usufruir, tanto coletivamente ou individual, partem de princípios políticos. Quanto mais próximo uma comunidade está de seu representante, mais ganhos ela terá.

Estes conceitos democráticos estão no coração e mentes de todos os postulantes a um cargo eletivo, mas também no imaginário dos cidadãos dos 5.570 municípios brasileiros. Também em Cristalina os mais de 55 mil habitantes e os 33.701 eleitores cadastrados até agora, sonham em ter seu representante na Assembleia Legislativa do Estado para ser chamado de “nosso deputado”.

Postulantes ao honroso cargo é o que não faltam. Desde o presidente da Câmara de Vereadores, Marquinho Abrão (PRP), Silvano da Rádio (PSDB), empresário Zeni da Gráfica que está com um pé no Podemos (antigo PTN), o vice-prefeito Luiz Henrique (PDT) e, no PSD, fala-se no vereador Valter Thomaz ou Sandra Contadora. Existe um zum zum que o ex-prefeito Luiz Attié pode lançar um nome conhecido, mas fora do circuito partidário. Seria um outside como o prefeito de São Paulo, João Dória.

Circulam outros nomes menos cotado, mas este é o jogo: dizer que é pré-candidato para descolar, mais à frente, uma “renúncia ao projeto” para apoiar fulano ou beltrano. No entanto, o nome mais forte deste pelotão chama-se Luiz Henrique. Simples assim: o grupo do prefeito Daniel do Sindicato (PSB) trabalha para que ele seja eleito. Esta estratégia visa o fortalecimento do grupo e consolidação do poder em 2020.

Um dos trunfos de Luiz Henrique além do apoio dos aliados é o carisma pessoal, humildade e o controle da base instalada no poder. O risco remoto é a gestão Daniel/Luiz Henrique naufragar neste período que antecede 2018. Caso isso ocorra, pode tirar votos dele, mas por enquanto Daniel está fazendo o dever de casa com média para passar de ano.

Com um grupo consolidado e fechado com Luiz Henrique, mesmo que dentro da base tenha outros postulantes, como Marquinho Abrão e Silvano da Rádio, resta ao vice sair do gabinete e marcar presença no município e nos vizinhos. Segundo uma fonte disse ao blog, o apoio de Daniel está sacramentado, portanto, Luiz Henrique larga na primeira fila.

Considerando que Daniel teve quase 11 mil votos quando disputou vaga de deputado estadual e como prefeito, 15.119, seu capital político mesmo que venha a ter perdas por conta do desgaste do poder, deve chegar em 2018 no mínimo com 10 mil votos válidos. Somados aos de Luiz Henrique, as chances de ser eleito são factíveis.

Estes componentes e o fato de que o cidadão cristalinense busca um nome identificado com o município, ou seja: residir na cidade e conviver socialmente com a população. Este bairrismo encaixa no perfil de Luiz Henrique, Marquinho, Silvano, Sandra, Valtinho, Zeni e demais postulantes, mas na hora do voto vai pesar o perfil de Luiz Henrique. Homem preparado intelectualmente, estruturado como empreendedor, antenado com a contemporaneidade e bom de discurso. Mas, haverá muita água correndo no Rio São Marcos e com ela, uma reforma política em gestação no Congresso. Até lá, muita transpiração e gastar sola de botina.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN