Marconi Perillo reduz PMDB a pó no Entorno de Brasília

0
Os neo-tucanos no Entorno de Brasília: prefeitos de Cidade Ocidental, Fábio Correa (ex-PRTB), Santo Antônio do Descoberto e Dr. Adolpho (ex-PMDB). Reforços no projeto político do vice-governador José Eliton com ajuda do prefeito de Águas Lindas e presidente da Amab, Hildo do Candango (PSDB).
Os neo-tucanos no Entorno de Brasília: prefeitos de Cidade Ocidental, Fábio Correa (ex-PRTB), Santo Antônio do Descoberto e Dr. Adolpho (ex-PMDB). Reforços no projeto político do vice-governador José Eliton com ajuda do prefeito de Águas Lindas e presidente da Amab, Hildo do Candango (PSDB).

Para o prefeito de Águas Lindas de Goiás e presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília (Amab), Hildo do Candango (PSDB) “ninguém governa sem apoios de aliados e se não estiver sintonizado com o povo”, Hildo acrescenta que “Marconi Perillo e seu vice, José Eliton “fazem uma gestão de integração, unindo partidários e até adversários em prol dos interesses de Goiás e dos municípios”.

Mas, o que chamou a atenção dos observadores políticos e formadores de opinião, foi que no Entorno de Brasília onde o PMDB conquistou duas prefeituras, sofreu uma baixa estratégica: Santo Antônio do Descoberto. Dr. Adolpho [Roberto Souza Von Lohrmann] migrou para o PSDB desfalcando o partido comandado pelo deputado federal e pré-candidato ao Governo de Goiás, Daniel Vilela.

Com esta baixa, sobrou o prefeito de Formosa, Ernesto Roller que, segundo especulações, pode deixar o partido já que ‘fechou’ apoio ao senador Ronaldo Caiado (DEM) na corrida ao Palácio das Esmeraldas.

Prefeito de Planaltina, Dr. Davi Lima (ex-Pros): bateu asas e migrou para o PSDB, antigo ninho de suas origens
Prefeito de Planaltina, Dr. Davi Lima (ex-Pros): bateu asas e migrou para o PSDB, antigo ninho de suas origens

Daniel Vilela contava com estes dois aliados, mas Marconi foi mais ágil e implodiu uma das pilastras que poderia colocar o PMDB novamente como protagonista no Entorno. Com esta adesão, mais os prefeitos de Cidade Ocidental, Fábio Correa (ex-PRTB) e Planaltina, Davi Lima (ex-Pros) os tucanos contabilizam hoje, no Entorno, sete prefeituras sob a bandeira tucana. Um capital de votos próximo a 350 mil votantes.

Dois aliados de peso contribuíram para que a base marconista fosse ampliada no segundo maior colégio eleitoral do estado, reduzindo o PMDB a pó: deputada estadual licenciada e ex-prefeita de Valparaíso, Lêda Borges e o prefeito de Águas Lindas e presidente da Amab, Hildo do Candango. Estas duas lideranças tucanas são os olhos, ouvidos e os principais fiadores do projeto de poder do vice-governador José Eliton na região.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN