Gilberto Kassab sacramenta a paz entre Vilmar Rocha e Marconi Perillo

0
Presidente do PSD em Goiás, Vilmar Rocha: águas de março podem mantê-lo “firme junto deste projeto desde sempre há mais de 20 anos”.
Presidente do PSD em Goiás, Vilmar Rocha: águas de março podem mantê-lo “firme junto deste projeto desde sempre há mais de 20 anos”.

Por Wilson Silvestre – A vinda a Goiânia na quarta-feira (27) do ministro das Comunicações e manda chuva nacional do PSD, Gilberto Kassab teve dois importantes simbolismo político: fazer um mimo ao governador Marconi Perillo (PSDB) escolhendo Goiás com o 4º estado a receber o programa Internet Para Todos do governo federal e, para alívio da base tucana, selar a paz entre o presidente do PSD regional, Vilmar Rocha e Marconi Perillo. Tudo testemunhado por mais de 100 prefeitos das mais variadas siglas partidárias, atentos ao discursos e às vantagens de terem internet Banda Larga em seus municípios.

O primeiro a falar foi Vilmar Rocha que até janeiro de 2018 permanece no comando da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima). Como sempre, bem humorado e descontraído, Vilmar fez um discurso de estadista. Discorreu sobre os desafios que municípios, Goiás e o Brasil terão na retomada do crescimento econômico, mas o que mais chamou atenção e a mídia explorou, foi o tom fraterno que se referiu a Marconi Perillo e seus quatro governos. “Um dos maiores orgulhos da minha vida pública é participar há 20 anos deste projeto. Sob a liderança do governador Marconi Perillo, mudamos Goiás. Estou firme junto deste projeto desde sempre há mais de 20 anos”.

Vilmar foi muito aplaudido pela ênfase que deu à frase exaltando a história de convivência, lealdade e amizade com Marconi. Muitos dos presentes, principalmente formadores de opinião, interpretaram os elogios como senha de que o PSD no estado retornou as negociações com a base Marconista. Até há poucos dias, a relação estava tensa a ponto de arrebentar de vez por conta de uma entrevista de Vilmar ao jornal O Popular, criticando a candidatura de José Eliton (PSDB) e afirmando que poderia deixar a base aliada.

Visão geral do concorrido lançamento em Goiás do programa Internet Para Todos: governador de Goiás, Marconi Perillo, ministro das Comunicações Gilberto Kassab, Vilmar Rocha e o deputado federal Thiago Peixoto. Sinal que o PSD deve retomar negociações com a base tucana.
Visão geral do concorrido lançamento em Goiás do programa Internet Para Todos: governador de Goiás, Marconi Perillo, ministro das Comunicações Gilberto Kassab, Vilmar Rocha e o deputado federal Thiago Peixoto. Sinal que o PSD deve retomar negociações com a base tucana.

Assim que terminou sua fala, Vilmar foi cumprimentado pelos presentes sentados na primeira fila de cadeiras, incluindo Kassab, deputados, presidentes dos Tribunais de Contas dos Municípios e do Estado. Marconi foi protocolar. Apenas um toque no ombro de Vilmar agradecendo e só.

Em política quando existe muita divergência, recomenda-se temperança e paciência. Vilmar seguiu o conselho e decolou para os Estados Unidos com a família. Na terra de Donald Tramp ele terá tempo para ajustar sua tese que “só a partir de março quando deputados mudam de siglas, o PSD toma uma decisão se apoia um nome da base ou se lança candidatura própria”. Frase repetida por ele quase o ano todo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN