Oposição ao prefeito Daniel do Sindicato escolheu sonhar com o passado e manipular a verdade

0
Prefeito de Cristalina, Daniel do Sindicato e o vice, Luiz Henrique recebem na quarta-feira (22), o governador Marconi Perillo e o pré-candidato ao Governo de Goiás, Zé Eliton para mais uma parceria.
Prefeito de Cristalina, Daniel do Sindicato e o vice, Luiz Henrique recebem na quarta-feira (22), o governador Marconi Perillo e o pré-candidato ao Governo de Goiás, Zé Eliton para mais uma parceria.

Por Wilson Silvestre – Nada deixa os adversários de um governo, quer federal, estadual ou municipal mais frustrados do que serem contrariados em seus prognósticos de fracasso. Pois é isso que deve estar ocorrendo com os tocadores de bumbo, arautos do ‘quanto pior melhor’. Eles torcem para que a gestão do prefeito de Cristalina, Daniel do Sindicato (PSB) e seu vice, Luiz Henrique (PDT), naufrague para tirarem proveito dos escombros. Mas a população não vê o caos que os poucos adversários do prefeito insistem alardear.

Travestidos de salvadores do município, estes templários das redes sociais – a maioria ‘viúvas’ da gestão anterior ou oportunistas políticos de ocasião –, insistem em pregar o caos, destruir a autoestima dos que vivem, trabalham e ficam raízes em Cristalina. Suas críticas levam as pessoas razoavelmente informadas ou atentas ao que ocorre no município, a desconfiar das intenções críticas dessa gente.

Se a cidade estivesse com a gestão tão “sem rumo” como eles apregoam nas redes sociais, a população teria feito barulho, tanto na Câmara de Vereadores, Ministério Público e em frente à prefeitura. Até mesmo as votações de projetos do Executivo tidos como ‘polêmicos’ em votação no Legislativo, não aparece quase ninguém. Então, conclui-se que eles querem mesmo é ‘fazer uma revolução brancaleone’ e desgastar a imagem da gestão Daniel e seu vice. Querem que o MP estenda o tampetão da Justiça para eles baterem palmas. Como diria o memorável humorista gaúcho, Apparício Fernando de Brinkerhoff Torelly (1895-1971), mais conhecido como o Barão de Itararé: “Não é triste mudar de ideias, triste é não ter ideias para mudar”.

O blog não prega alinhamento com a gestão e estimula uma oposição crítica, mas condena o achismo, a crítica leviana e a omissão do que está sendo realizado. Bater palmas porque o Ministério Público abriu “mais uma ação contra o prefeito”, não contribui com o debate, mas sim com a desmoralização da política e seus agentes.

Se for tomar por base as críticas postadas pelos adversários de Daniel nas redes sociais, diga-se, os mesmos de sempre, os menos avisados que vivem fora dos limites de Cristalina ficam com a impressão de que o que eles falam mal é outro. Claro que tem erros, mas a quantidade de acertos são infinitamente maior do que os erros. Basta uma olhada nas contas da gestão anterior para ver o quanto foi difícil conseguir um ‘positivo’ para celebrar convênios e reorganizar a gestão.

Não adianta dizer que a “a prefeitura tem dinheiro” e não contar o que ela gasta para manter todos os serviços prestados à população em dia. Falava na crise da saúde, segurança e falta de investimentos em infraestrutura, mas não contam o que está sendo realizado. Isto é manipulação politiqueira.

Daniel não conversou com o blog, mas pelas suas ações administrativas, percebe-se que ele, Luiz Henrique e seu grupo, vão continuar caminhando rumo ao bem estar de todos, até mesmo dos raivosos e perdedores da aposta política. Até porque Cristalina é uma das poucas cidades do Entorno em que a oposição não desce do palanque eleitoral. Continua discursando para a mesma plateia, cansada e entediada dos mesmos personagens que cobram de Daniel o que deveriam ter sido feito no passado.

Minha sugestão ao prefeito é esta: forme uma nova mentalidade política no município, compromissada com o povo e aberta às transformações em que o país passa, só assim Cristalina deixará de ser um município rico, mas provinciano e dependente de uma prefeitura pobre. Sim. O que o setor público municipal arrecada está muito aquém fartura apregoada pela mídia. Pesquisem!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN