Impedido de entrar em Passo Fundo, Lula chega por terra em Chapecó para poder voltar de avião para o Rio Grande do Sul

0
Foto Reprodução(O Antagonista)
Foto Reprodução(O Antagonista)

Por Darci Bedona(DC) – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acompanhado da também ex-presidente Dilma Rousseff, estiveram em Chapecó no fim da tarde desta sexta-feira. Os dois chegaram ao aeroporto do município em um Hyundai Azera de cor prata por volta das 18h30min e seguiram para o interior do local passando pelo setor administrativo. Lula tinha agenda no Rio Grande do Sul, mas por conta de manifestações que o impediram de entrar em Passo Fundo, precisou mudar os planos e seguir por terra para Chapecó.

Do Oeste catarinense Lula e Dilma decolaram, por volta das 19h, rumo a Porto Alegre em um avião fretado para cumprir o restante da agenda prevista no Estado vizinho. O ex-presidente tem ato público marcado para às 19h em São Leopoldo.

Cerca de 20 pessoas estavam no entorno do aeroporto gritando palavras de ordem e se manifestando contrariamente ao ex-presidente. Alguns, inclusive, carregavam caixas de ovos. Ninguém chegou a ter acesso a Lula ou a ex-presidente Dilma. Entre os manifestantes estavam os moradores de Chapecó João Guilherme Signorini e Bernadete Signorini. O casal é natural de Passo Fundo e afirma que deve comparecer ao ato contra Lula, previsto para ocorrer no calçadão da Benjamin Constant neste sábado.

— Todo povo de bem tem que mostrar a sua indignação — disse Bernadete.

Conforme o comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar de Chapecó, Ricardo Alves, nenhuma ocorrência foi registrada durante os poucos minutos em que Lula esteve em Chapecó, mas a segurança deve ser reforçada pois parte da caravana deve permanecer na cidade para a agenda deste fim de semana, que contempla o Oeste de Santa Catarina. Segundo Alves, ao menos 120 agentes devem atuar nos atos marcados em Chapecó.

O começo da agenda de Lula em Santa Catarina estava previsto somente para sábado, quando o petista iria sair de Porto Alegre e desembarcaria, originalmente, em Florianópolis, para participar de um ato público no centro da cidade por volta do meio-dia. Em seguida, a caravana prevê seguir para o Oeste do Estado, passando por Chapecó, São Miguel do Oeste e Nova Erechim ao longo do fim de semana.

*Colaborou Larissa Neumann

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN