Aliados de Daniel do Sindicato dizem que ele está preparado para o “melhor segundo mandato”

0
ENCARANDO DESAFIOS COM OTIMISMO – Prefeito reeleito de Cristalina, Daniel do Sindicato (DEM) quer ampliar o diálogo com a população, concluir obras já iniciadas e prospectar novos recursos para moradia, ampliação da infraestrutura e geração de empregos. (Facebook institucional do prefeito)

Assim como profeta Daniel da Bíblia que foi encarcerado na cova dos leões pelo rei Dario por não abdicar de sua fé, o prefeito de Cristalina, Daniel do Sindicato (DEM) também é um homem cristão e não abre mão de seus valores. Embora não esteja fisicamente na ‘cova dos leões’, simbolicamente vai enfrentar desafios que vão exigir dele, além de fé, paciência, habilidade política e recursos para atender demandas da população de Cristalina. Entre seus ‘leões’ de desafios, alguns devem fazer parte de seu cardápio de prioridades: saúde, geração de empregos e moradia.

Sentado em cima de 9.902 votos (44,96% válidos) mais ou menos o dobro dos principais concorrentes (Dr. Osório 6.466 votos e Luiz Attié 3.105 votos), portanto pode traçar um segundo mandato sem os atropelos do primeiro, quando ficou prensado por aliados tóxicos. Outra vantagem é a maioria folgada na Câmara de Vereadores que não vai pregar sustos na gestão, menos ainda ser acharcado por negociantes políticos. Soma-se a estas vantagens, ter o governador de Goiás, Ronaldo Caiado como parceiro.

Nunca é demais lembrar que o triunfo acachapante de Daniel na conquista do segundo mandato deixou seus adversários atordoados, principalmente o ex-prefeito Luiz Attié (Podemos) tido, até então, como uma pedra no calcanhar do prefeito. No entanto, em política, nunca se deve menosprezar o adversário, afinal ele pode ter caído, mas não morto. Outro adversário que não vai baixar a guarda, será o ex-candidato a prefeito Osório Fernando de Sousa (DC).

Segundo os aliados do prefeito de Cristalina, a preocupação não é com os adversários e sim com a gestão. “Ele inicia janeiro de 2021 com todas as costuras políticas concluídas, sem abrir o balcão de cargos a granel na prefeitura ou atender o escambo político do “toma lá, dá cá”, assegura uma fonte ouvida pelo blog. De fato Daniel percebe que o momento é de escassez nos recursos devido a retração econômica. Isto quer dizer menos tributos, muitas demandas na prestação de serviços em saúde, educação, moradia e infraestrutura. Desafios que exigem eficiência gerencial em rítmo de Fórmula um.

Em contraste com o “Daniel Bíblico” que só podia orar a Deus para não ser devorado pelos famintos leões, o prefeito de Cristalina não apalpa nada à sua volta que não seja visível. Claro que também é movido pela fé, mas por segurança, mantém os pés firmes para revidar ataques dos ‘leões da política’. Como bem lembrou um aliado: “Daniel está preparado para os desafios do segundo mandato, pois ele trabalhou duro na construção de uma base sólida, não só na política, mas sobretudo nas boas práticas de gestão”.

O blog deseja que ele governe Cristalina com bom senso, honestidade e planeje o que pretende fazer pelo município nos próximos quatro anos. Evite desperdícios de recursos públicos, além de procurar ser bem assessorado por pessoas competente e de conduta inquestionável. Não é preciso se declarar como “a viva alma mais honesta”, como alardeou o ex-presidente Inácio Lula da Silva, mas que seja um prefeito comprometido com a boa gestão e transparência no trato dos recursos público.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AN